MY Thesis in 180 seconds: a vitória foi o progresso

Foram três intensos dias de competição para os 12 estudantes brasileiros e 11 suíços que participaram da 1a edição da competição de comunicação científica My Thesis in 180 seconds. O tempo de treinamento era curto e o desafio, grande. Apresentar seus projetos de doutorado para uma plateia e um júri leigo, tornando suas pesquisas compreensíveis, ressaltando a importância de seus trabalho e , ao mesmo, cativando o público.

No Rio de Janeiro, o time se reuniu no Museu do Amanhã e contou com uma maravilhosa vista da Baía de Guanabara como inspiração. Já na Suíça, os participantes estiveram reunidos em Champéry, no meio das montanhas. As competições aconteciam por video conferência, para que os estudantes e o júri brasileiros pudessem acompanhar o progresso dos suíços e vice-versa.

Apesar de ser uma competição, o evento foi muito além do jogo, trazendo a oportunidade para que os estudantes praticassem habilidades de comunicação e interagissem com outras áreas de conhecimento. A contar pela excelente evolução de cada participantes em suas apresentações, sem dúvida, o aprendizado foi o grande prêmio desta iniciativa.

Ainda assim, tivemos nossos vencedores. Luciane Santos (PUC-PR) levou o primeiro lugar com uma impecável apresentação de seu trabalho no combate a infecções por bactérias em implantes. Marcella Souza (UFRJ) subiu ao pódio em segundo lugar – e também levou uma passagem para a Suíça – com sua pesquisa com microalgas como substituto para o petróleo. Felipe Teixeira ficou com o terceiro lugar e emocionou o público com sua pesquisa para desenvolver nossas frentes de combate ao câncer.

Do lado suíço, pesquisas em saúde também saíram campeãs. O segundo lugar ficou com Fabian Braun (EPFL) e Christian Vogt (ETHZ) e Huaiqi Huang (EPFL) dividiram o primeiro lugar !

Luiz Alberto Oliveira, curador do Museu do Amanhã e membro do júri, destacou o valor deste tipo de iniciativa para o desenvolvimento da ciência no país. “É cada vez mais importante que os pesquisadores saibam dialogar com o público, especialmente em tempos em que a ciência anda tão desvalorizada no mundo”, ressaltou.

Parabéns aos vencedores do My Thesis in 180 seconds!

Confira os álbuns de foto do evento em nossa página do Flickr.
Interessado em saber mais sobre comunicação de ciência? Um dos nossos membros do júri, professor Mauro Rebelo, da BioBureau, fala sobre métodos eficientes e criativos para a escrita sobre ciência em vídeo no Youtube.