Quando uma coisa leva à outra

Quando eu comecei a trabalhar para a swissnex Brazil em abril, a missão de “conectar os pontos” me fascinou. Algumas semanas de experiência em uma vida muito ocupada de escritório, impressionado com o número de pessoas e projetos inspiradores que se unem aqui, eu parei para pensar sobre o que acontece com os muitos pontos conectados. Como acompanhar o resultado do impacto dos nossos projetos?

Há algumas semanas, dois colegas e eu assistimos à apresentações de estudantes brasileiros e americanos de engenharia, no Open Innovation Day, organizado pelo Columbia Global Centers, da COPPE/UFRJ e pela cidade do Rio de Janeiro. De repente, eu percebi que nossa CEO, Gioia Deucher, ficou cada vez mais interessada na apresentação de Fred Souza, um estudante de ciência da computação e em sua equipe.

Ele descreveu vividamente como utilizou o sistema de rastreamento de ônibus em tempo real, RioBus, para correlacionar o tráfego de ônibus com medidas de poluição, dados coletados de um sensor localizado em um bairro com muita natureza (Jardim Botânico). Depois de ter encontrado níveis surpreendentemente altos de poluição, eles se juntaram com um especialista em meteorologia para pesquisar mais a fundo. Eles chegaram a conclusão de que a alta frequência de ônibus, junto com as árvores liberando produtos químicos orgânicos e a radiação solar resultavam em uma combinação tóxica de altos níveis de gás ozônio.

A surpresa para nós foi quando Gioia reconheceu exatamente aquele sensor como o mesmo que ela trouxe da Suíça para o Brasil para a iniciativa de Data Canvas. Em 2015, a swissnex San Francisco deu início ao projeto Data Canvas em colaboração com Gray Area e Lift. Aproximadamente 100 participantes do mundo inteiro construíram uma rede de sensores ambientais, aberta, estilo “faça você mesmo”, para medir qualidade do ar, barulho, poluição, iluminação e temperatura nas seis cidades onde a swissnex está localizada, incluindo Geneva. Um dos participantes, Fred, continuou a utilizar o sensor para um projeto de pesquisa promissor, com um time de sete mentes brilhantes que trabalham desenvolvendo um software de previsão de poluição.

Durante este encontro, eu experimentei em primeira mão como a swissnex pode plantar uma semente para iniciativas que talvez, depois, possam ter vida própria. A estrutura flexível, inovadora e sem burocracia da swissnex é a chave para promover um ambiente de momentos de serendipidade onde uma coisa frequentemente leva à outra.

Para mais informações sobre o projeto de Fred, por favor, entre em contato com ele diretamente: fred@nullriob.us

dfsdfsdfsdfsdfsdfdfdfdfdfdfdfdfdfdsdfsdfsdfsdfsdfdfdfd DSC01001
 dsds

   Sebastian Zumbühl, Gerente de Projetos Júnior swissnex Brazil

kjkjkjk