Treinamento de dragões no Rio

strong>Quantos de vocês sonham em deixar o seu trabalho e rotina diária e correr atrás de sua verdadeira paixão? Simon Otto fez exatamente isso quando ele deixou sua carreira em um banco suíço para ir estudar na renomada escola de animação Les Gobelins em Paris. Seu talento lhe rendeu um emprego na DreamWorks, onde ele tem trabalhado como animador por 17 anos. Ele é atualmente o Chefe de Animação de Personagens da trilogia Como Treinar o seu Dragão.

Simon Otto in actionSimon Otto dando uma palestra na Escola de Artes Visuais do Parque Lage

Como se tornar um animador?
Simon Otto vive e respira a sua paixão pela animação e diz: “Eu nunca vou a qualquer lugar sem o meu caderno de esboços. Posso encontrar inspiração em qualquer lugar, porque tudo tem um personagem. Os táxis no Rio, uma garrafa de água, as coisas mais profanas me inspiram.

Se você quiser se tornar um animador de sucesso, você precisa acordar de manhã querendo desenhar e ir para a cama à noite desenhando.

É claro que uma boa escola de animação, onde você possa desenvolver suas habilidades e também uma porção saudável de “estar no lugar certo na hora certa” é indispensável.” A paciência é, talvez, um outro ingrediente importante. Para um filme de animação, a equipe de Simon Otto geralmente gasta cerca de 18 meses de planejamento, desenho e testes antes de começar com a produção, que leva mais de 18 meses. Isto significa que, durante 90 minutos de filme são necessários pelo menos três anos de trabalho duro, noites longas e muita dedicação.

Dragões Cavalos-Gatos-Cachorros-Touros
Um dos grandes desafios que Simon enfrentou como Chefe de Animação de Personagens foi o desenvolvimento da personalidade dos dragões. Os dragões eram um território desconhecido, com a maioria dos dragões em animação até agora feitos de forma grosseira em filmes de aventura ou feitos mais ou menos em filmes de efeitos visuais (filmes não-animados com alguns aspectos animados como “Avatar”). Para a série Como Treinar o Seu Dragão a equipe da DreamWorks foi capaz de criar personagens que se parecem e se sentem reais mas, ao mesmo tempo, manteve uma abordagem lúdica.

Nós acabamos misturando e combinando diferentes tipos de animais e criamos dragões que nos faziam lembrar dos nossos animais de estimação.

Como uma pessoa que gosta de gatos, eu me inspirei bastante em meu gato, enquanto o diretor Dean Deblois, que prefere cachorros, tentou deixar os dragões parecidos com cachorros tanto quanto possível. É por esta razão que “Banguela”, o dragão principal, acabou sendo uma mistura entre um gato, um cachorro e um cavalo … “, ri Simon Otto. Esta foi, de fato, uma meta dos animadores: fazer o público se conectar às criaturas em vários níveis, associando-as aos animais da vida real.

A mudança de paradigma de 3D
Um desafio que se torna cada vez mais importante é o 3D. Animadores têm sido tradicionalmente treinados para animar uma única visão da câmera, o que lhes permite enganar diversos aspectos, como a profundidade. Com o 3D, eles têm que ser extremamente precisos quando se trata de quão rápido as coisas se movem em direção ou para longe da câmera. Por outro lado, isso também cria oportunidades incríveis para conquistar o público e os telespectadores com a imersão no mundo dos dragões, fazendo-os sentir como se estivessem dentro do filme. O mundo da animação nunca se moveu tão rápido quanto agora e os fãs de animação podem estar ansioso com o que está por vir!

Simon Otto fascinou todas as pessoas que estavam presentes naquele dia, jovens e idosos. Eles se sentiram inspirados por seus contos do mundo da animação e pelo seu exemplo de perseguir sua paixão e fazer o que ele realmente ama.
Graças à colaboração entre o Consulado Geral da Suíça no Rio de Janeiro, o Anima Mundi Festival e a swissnex Brazil, em julho passado, Simon Otto ensinou uma Master Class no maior festival de animação da América Latina – o AnimaMundi – e passou uma tarde hospedado na swissnex Brazil e na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, onde ele compartilhou alguns segredos do seu ofício com uma plateia entusiasmada.
Simon Otto demonstra a nova tecnologia utilizada para criar Como Treinar o Seu Dragão 2, desenvolvido pela equipe da DreamWorks Animation.
Go to video.

 image-7

Clique aqui para ver o trailer de Como Treinar o Seu Dragão 2 e aqui para mais algumas perspectivas dos bastidores de Simon Otto e do diretor Dean Deblois.